Medicina do Rapé - O que é? Questione-se!

Atualizado: Fev 2

Você conhece o rapé?



O rapé é uma medicina indígena a base de cinzas de ervas com ou sem o pó do tabaco que, ao ser soprada, facilita o resgate do equilíbrio espiritual, energético e psicológico.


Seu uso tradicional é cerimonial, trazendo as intenções de quem o aplica e cura para quem o recebe.


Porém existe muito encantamento e fascínio na busca dessa cura através da medicina. Temos visto cada vez mais uma variedade de rapés que prometem as mais diversas curas. O rapé tradicional contém uma sabedoria ancestral, desde a escolha das ervas até o feitio. O nissural, por exemplo, é muito utilizado nos rapés Huni Kuin, para cura dos nissum, as chamadas doenças da mente e espírito, que enfraquecem nosso corpo e alma. E é exatamente aí que o rapé irá atuar, na mente e espírito.


O tratamento que ele proporciona é na causa e não nos sintomas. Ele atua nas chamadas doenças psicomossáticas.


Também conhecidas como somatização ou transtorno somatoforme, as doenças psicossomáticas são desordens emocionais ou psiquiátricas que afetam também o funcionamento dos órgãos do corpo.


Os benefícios físicos da utilização do rapé existem, mas são secundários.


Quer algumas dicas?


- Opte por medicinas tradicionais utilizadas pelos Pajés, elas são carregadas de sabedoria ancestral.

- Respire e busque entender a causa de seu problema/doença física. Não existe rapé que cura sinusite, rinite e outras "ites".

- Lembre-se o rapé vai te guiar na cura da causa e não dos sintomas.

- Receba-o como o mestre que ele é e sinta seus ensinamentos.


Gratidão e respeito à medicina do rapé!


9 visualizações0 comentário